Assim, desde o início de Maio, verificou-se, em Portugal, um total cumulativo de 140 casos confirmados de gripe A (H1N1). "Estas pessoas retomaram a sua vida diária, com normalidade", destaca o Ministério da Saúde no balanço diário que faz da evolução da epidemia na sua página na internet.

Os dez novos casos confirmados estão a ser seguidos por equipas de hospitais de Lisboa, Porto e Angra do Heroísmo, segundo a mesma nota.

Assim, um homem de 48 anos, que regressou dos Estados Unidos, um homem de 27 anos, proveniente do Rio de Janeiro e uma mulher de 25 anos e um homem de 21 anos, correspondentes a casos de transmissão secundária, estão referenciados para o Hospital Curry Cabral, em Lisboa.

No Hospital de São João, no Porto, estão a ser seguidos quatro casos: um homem de 19 anos, que chegou de Madrid, um adolescente de 15 anos, que veio de Londres, e duas mulheres, de 20 e 31 anos, ambas provenientes de Palma de Maiorca.

Uma dolescente de 15 anos que veio de Londres está a ser acompanhada pelo Hospital de Dona Estefânia, em Lisboa.

No Hospital de Santo Espírito, em Angra do Heroísmo, Açores, está referenciado um homem de 30 anos, proveniente do Reino Unido.

Lusa