Gripe A (H1N1)
Noticias sobre a evolução da Gripe A em Portugal

26
Jul 09

A gripe A H1N1 chegou ao Palácio de Buckingham, residência oficial em Londres da rainha Isabel II de Inglaterra, onde dois empregados contraíram o vírus, ainda que a Família Real não tenha sido afectada até ao momento.

 

Um terceiro caso registou-se no Castelo de Windsor, residência de fim de semana de Isabel II nos arredores da capital britânica, informa hoje o "News of The World".

Por isso, a Rainha, de 83 anos, ordenou medidas estrictas de limpeza dos palácios reais, ao mesmo tempo que os empregados e assessores devem seguir os conselhos do Serviço Nacional de Saúde (NHS) para evitar a propagação da enfermidade.

Uma das pessas infectadas no Palácio de Buckigham trabalha no serviço de refeições, confirmou ao diário uma fonte próxima da realeza.

"Dada a velocidade com que o vírus se pode espalhar, é importante que qualquer pessoa com os sintomas, sobretudo junto às cozinhas, deve manter-se afastada", disse a fonte citada.

"Pelo facto de trabalharmos onde trabalhamos, não nos livramos da gripe A e todo o mundo deve tomar precauções. A última coisa que queremos é contagiar a Rainha ou o duque de Edimburgo", acrescentou a fonte.

O chamado "Serviço Nacional para a Pandemia de Gripe", em que trabalham 1.500 pessoas com possibilidade de outras 500, poderá atender mais de 200.000 chamadas por dia, para além de atender também pela internet.

O governo britânico assegurou que a vacina contra a gripe AH1N1 começara a estar disponível a partir de Agosto e que para finais do ano haverá doses para 30 milhões de pessoas.

Lusa

 

publicado por HF às 18:40
pesquisar neste blog
 
arquivos