Gripe A (H1N1)
Noticias sobre a evolução da Gripe A em Portugal

02
Jul 09

O Ministério da Saúde alerta, os cidadãos para, em caso de sintomas de gripe, independentemente de terem viajado para fora do país, contactarem de imediato a Linha de Saúde 24 (808 24 24 24) e seguirem as indicações dos profissionais de saúde. Esta deve ser a primeira medida a tomar antes de se dirigirem a um serviço de saúde.
O contacto com a Linha de Saúde 24 permite, perante os sintomas descritos e informações prestadas pelo utente, reconhecer se se trata de uma suspeita de Gripe A.
Isto evita o incómodo de uma ida desnecessária à urgência hospitalar.
Em caso de suspeita de infecção pelo vírus da Gripe A, o contacto inicial com a Linha de Saúde 24 garante ao utente o transporte imediato, pelo INEM, para um dos hospitais de referência, em condições que salvaguardam a sua saúde e a das pessoas que com ele contactam, diminuindo o risco de contágio da infecção.
A passagem à fase 6 do alerta de pandemia, decidida pela Organização Mundial de Saúde, deve-se à facilidade e velocidade de propagação do vírus a nível mundial.
O Ministério da Saúde tomará as medidas previstas no Plano de Contingência que venham a revelar-se necessárias em cada momento e garante que as autoridades de saúde monitorizam permanentemente o evoluir da situação.
Entre outras recomendações, o Ministério reforça a importância da lavagem frequente das mãos, da protecção da boca e do nariz ao tossir ou espirrar, sempre que possível com lenços de papel que não devem ser reutilizados, para evitar a rápida propagação do vírus.
Entretanto, foi constituída uma rede de coordenação entre os laboratórios que fazem a identificação do vírus da Gripe A (H1N1). As análises eram realizadas apenas no Instituto Nacional de Saúde Dr. Ricardo Jorge e nos laboratórios do Hospital Curry Cabral. A partir de agora, passam, progressivamente, a ser efectuadas nos laboratórios do Hospital de São João, dos Hospitais da Universidade de Coimbra e no Laboratório Regional de Saúde Pública do Algarve Dr.ª Laura Ayres.
O Ministério da Saúde faz, diariamente, o ponto de situação da evolução da infecção da Gripe A no seu site www.portaldasaude.pt.
A mesma informação pode também ser consultada no Microsite da Gripe, no site da Direcção-Geral da Saúde www.dgs.pt.
Tendo em conta o crescente número de casos suspeitos que, diariamente, são investigados, o Ministério da Saúde decidiu comunicar apenas aqueles cujos resultados se revelem positivo.

 

publicado por HF às 10:18
arquivos
pesquisar neste blog
 
arquivos