Um comunicado conjunto dos dois Ministérios confirma "um caso de gripe A num militar da Marinha Portuguesa embarcado na fragata Bartolomeu Dias, que se encontra numa operação de treino no Sul da Inglaterra".

"Aos primeiros sintomas, o marinheiro foi transferido para o Centro de Saúde da Base Naval de Devonport, em Plymouth, onde foi confirmado laboratorialmente o caso de gripe A (H1N1)", adiando o comunicado.

De acordo com a mesma fonte, o militar encontra-se internado nessa unidade de saúde desde domingo, está bem, e já sem sintomas.

"Foram cumpridas todas as normas previamente definidas no âmbito do plano de contingência para a Gripe A e todos os procedimentos aprovados no âmbito da Saúde Militar, nomeadamente os Procedimentos a bordo dos navios da Marinha", salienta o mesmo documento.

"Decorrente destas normas, a restante guarnição encontra-se isolada no navio, estando já a fazer a profilaxia de prevenção com um antivírico. A tripulação está a ser assistida pela equipa médica da própria fragata, constituída por uma médica e um enfermeiro".

"Na fragata, o ambiente junto dos 182 militares embarcados está tranquilo", informam os dois Ministérios.

A fragata Bartolomeu Dias está no Reino Unido numa operação de treino iniciada a 16 de Junho, devendo regressar a Portugal a 1 de Agosto.


Lusa