Gripe A (H1N1)
Noticias sobre a evolução da Gripe A em Portugal
23
Jul 09

A GlaxoSmithKline (GSK) pode ganhar 1.170 milhões de euros com a vacina que está a produzir contra a Gripe A, segundo noticia o «Cinco Días».

 

A maior farmacêutica britânica tem já garantido vendas no valor de 500 milhões de libras (580 milhões de euros) até Janeiro, mas pode aumentar os ganhos, visto que mais de 50 governos e outras entidades já pediram 195 milhões de doses, sendo que cada uma será vendida a um preço máximo de 6 libras (7 euros). Só o governo britânico encomendou 132 milhões de doses tanto à Glaxo, como à Baxtyer.

A farmacêutica investiu 2.312 milhões de euros em investigação e desenvolvimento e na triplicação da produção do antiviral «Relenza» até aos 190 milhões de doses até ao fim do ano.

Este vírus tornou-se uma fonte de lucros para a Glaxo, afirmou o CEO do grupo, Andrew Witty: «A gripe A vai ser positiva para os resultados da nossa empresa, mas apenas graças aos esforços que temos realizado. Temos assumido riscos muito importantes durante muito tempo e temos dedicado uma enorme quantidade de recursos a investigações que outros não têm feito».

Das vacinas que a GlaxoSmithKline produziu, 50 milhões de doses vão ser doadas à Organização Mundial da Saúde para serem distribuídas nos países pobres.
 

publicado por HF às 14:38
arquivos
pesquisar neste blog
 
arquivos